Política de senha corporativa: eleve a segurança da informação na sua empresa

Será que os colaboradores da sua empresa usam a senha corporativa de maneira consciente? Entenda a importância da política de senhas corporativas.

 

A criação de usuários e senhas é um dos passos a serem tomados na busca por maior segurança da informação no ambiente corporativo. Além de fornecer uma senha individual para cada colaborador, a equipe de TI também precisa criar uma política de senhas corporativas para elevar a eficiência.

É verdade que existem tecnologias completas para esse gerenciamento, mas se seu negócio não puder investir, também existem atitudes simples que contam muito — e é exatamente isso que você vai aprender hoje. Continue lendo e entenda mais sobre a criação de uma política de senhas corporativas e a necessidade de orientação dos colaboradores.

Política de senha corporativa: sua empresa se preocupa com o tema?

Segundo um levantamento da Verizon, até 81% das violações acontecem a partir de senhas corporativas legítimas que conseguiram ser usadas por terceiros por serem fracas ou porque foram roubadas. Uma outra pesquisa revela ainda que um em cada cinco funcionários admite que compartilha suas senhas com outros membros da equipe.

Ou seja, se a sua empresa ainda não se preocupa com o tema, é melhor começar. Existem softwares para auxiliar na gestão e recuperação de senhas corporativas, mas, antes disso, comece pelo básico. Sua empresa tem uma política de senhas corporativas que maximiza a segurança?

Quais são as melhores práticas no uso de senhas?

A política de senha corporativa envolve regras que servem para todos os usuários e é, ainda, uma maneira da equipe responsável pela TI assegurar critérios mínimos de segurança no acesso aos sistemas e dispositivos corporativos. Veja as principais práticas para definir e usar senhas!

Orientar os colaboradores

Como de costume, frisamos a importância da conscientização dos colaboradores para o sucesso de qualquer medida de segurança de dados. Usuários mal informados frequentemente são a principal porta de entrada para ameaças. Eles devem entender a importância da confidencialidade da senha e das demais medidas de segurança. Entre as principais orientações, destacam-se:

  • Jamais compartilhar senhas com outros membros da equipe
  • Não usar a mesma senha para acessar todos os sistemas
  • Separar as senhas corporativas das senhas pessoais
  • Usar senhas complexas
  • Atualizar periodicamente as informações de acesso

Os dois últimos pontos, porém, não devem ser deixados a critério de cada um. O próprio sistema deve conter medidas para assegurar o cumprimento deles.

Definir senhas complexas

Senhas complexas, isto é, com um número mínimo de caracteres (pelo menos oito), contendo letras maiúsculas e minúsculas e ao menos um símbolo, devem ser uma exigência padrão do sistema. O administrador deve definir os critérios de complexidade e informar aos usuários sobre eles.

Deixe um comentrio